Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

À Direita: crimes embutidos na lista do HSBC se chamam sonegação e corrupção

Brasil tem a quarta maior lista de contas secretas no HSBC da Suíça. Entre os identificados está o dono do banco Máxima, Saul Sabbá, que atuou como consultor do governo FHC na privatização da Vale

Brasil tem a quarta maior lista de contas secretas no HSBC da Suíça. Entre os identificados está o dono do banco Máxima, Saul Sabbá, que atuou como consultor do governo FHC na privatização da Vale

A atuação da grande imprensa cada vez mais revela sua indignação seletiva, seja pelos editoriais que constrói para atacar o governo, ou pelo silêncio de cumplicidade para proteger seus aliados políticos, como no caso do Trensalão do PSDB.

A última ação facciosa da mídia tem sido minimizar um escândalo lesa pátria, de grandes proporções, como revelam as listas de proprietários de contas secretas do HSBC na Suíça.

Não faltam brasileiros inscritos no rol da sonegação bilionária, graúdos e bem relacionados na política, do meio empresarial e da mídia[?].

Segundo levantamentos existem cerca de 8,6 mil brasileiros com contas que somam cerca de R$20 bilhões, certamente resultado do não pagamento de impostos no Brasil.

A evasão fiscal, ao que parece, vai ser investigada pela Receita Federal, obrigação neste caso.

Mas a pauta discreta da imprensa sobre o assunto apenas corrobora que vivenciamos uma intensa guerra de informação, em que qualquer milímetro que sirva de livre interpretação para rotular negativamente adversários é cabível, mas um arsenal de documentação e escândalo de repercussão internacional não parecem apresentar elementos significativos para matérias investigativas de grande relevância social para as redações brasileiras.

No meio desta guerra entre a mídia e o governo e aliados, fica a sociedade que recebe “toneladas” de informação comprometidas com viés político partidário.

Não restam dúvidas, nem pudores, a grande imprensa, capitaneada pela Globo e a Veja, vestiu o uniforme da direita mais conservadora e joga com desenvoltura no mesmo time.

O ofício de informar o povo sobre assuntos de magnitude encontram-se contaminados por esta peleja.

Os grandes grupos de mídia tão pródigos em criar nomes para escândalos, nem precisariam de tanto esforço para cobrir, com o mínimo de interesse e ética, este fato.

Os nomes dos crimes da lista do HSBC já existem, se chamam sonegação e corrupção.

5 comentários em “À Direita: crimes embutidos na lista do HSBC se chamam sonegação e corrupção

  1. Pingback: Com a sua palavra, a Mídia: | Questão - Pra quem duvida.

  2. Brasangola
    19/02/2015

    Republicou isso em Brasdangola Blogue.

    Curtir

  3. A lista é grande, acho que quem tem o telhado de vidro não deveria ser o primeiro a atirar pedra…

    Curtir

    • Cláudio Ribeiro
      19/02/2015

      Caro Marcelo, não tenho meu nome nesta lista, com certeza. Meu telhado aí é de alvenaria. Mas, de quem o nobre leitor se compadece?

      Curtir

  4. Pingback: À Direita: crimes embutidos na lista do HSBC se chamam sonegação e corrupção | educação ou barbárie

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 19/02/2015 por em economia, Internacional, politica e marcado , , , , , .

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: