Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Falta de água em SP: racionamento é a marca do PSDB

Enquanto o paulista sofre com a falta d'água, no condomínio de Alckmin as piscinas estão cheias e o chão é lavado três vezes por semana...

Enquanto o paulista sofre com a falta d’água, no condomínio de Alckmin, foto, as cinco piscinas estão cheias e o chão é lavado três vezes por semana…O modelo de gestão do PSDB

Perguntar não ofende: por que será que somente agora, passado o primeiro turno e o tucano, Geraldo Alckmin, ter sido reeleito, que a grande imprensa começou a cobrir a a maior crise de abastecimento de água da história de São Paulo?

A resposta é óbvia. Eles tem lado, isso é cristalino.

Fosse Fernando Haddad o responsável pela gestão da Sabesp e teríamos helicópteros sobrevoando as represas desde o final do verão passado, diariamente, insuflando a população paulista a derrubá-lo.

Não haveria trégua, até que o petista estivesse vencido.

Se por conta da construção de ciclofaixas em Higienópolis, a imprensa quase crucificou o prefeito paulistano, imagine se fosse ele o responsável, ou melhor, o irresponsável pela maior barbeiragem administrativa de São Paulo.

Pois bem, o bloqueio midiático montado para enganar o povo do estado mais rico do Brasil, terra de gente trabalhadora com origem espalhada por todo o país, possibilitou a vitória em primeiro turno do causador da falta de água que atinge, principalmente, os mais pobres, Alckmin, que a reboque elegeu José Serra para o senado e montou uma bancada para o PSDB imune aos efeitos desta calamitosa administração.

Alckmin governa São Paulo pela terceira vez, somando 10 dos 20 anos a frente da hegemonia tucana no estado.

Faltou planejamento, seriedade e vergonha na cara, do governo paulista.

O povo está pagando pelo maior estelionato eleitoral das últimas décadas.

A Folha de São Paulo publicou que no condomínio onde vive o governador, existem cinco piscinas cheias e os funcionários lavam o chão três vezes por semana! Um achincalhe com a coisa pública e o bem comum.

Em vez de arregaçar as mangas e trabalhar para evitar o pior, já que foi alertado diversas vezes sobre a falta de investimentos nesta área, Alckmin conseguiu que os maiores representantes da imprensa conservadora brasileira não publicassem uma só matéria, aprofundada e séria, que utilizasse a palavra “racionamento”, sabe-se lá a que preço. Apenas para evitar a lembrança do trauma  que a sociedade passou por outra “grande obra” tucana, o racionamento de energia elétrica de FHC, em 2001.

O choque de gestão tucano levou a boa gente paulista a um estado de choque.

Como pode o leitor crer na cínica pretensão de imparcialidade e isenção da grande imprensa, principalmente se este for um leitor paulista? O jornalismo praticado pela grande mídia, deturpado e parcial, tem a mesma qualidade da água coletada no volume morto do Sistema Cantareira.

Como oferecer um cheque em branco para um grupo político-midiático-conservador capaz de ludibriar dezenas de milhões de pessoas em nome de uma disputa política, sem transparência e respeito ao povo?

Aécio Neves é o candidato a presidente pelo PSDB, e é quem mais defende Alckmin deste crime e, consequentemente,  zomba da cara do paulista.

Será que, agravada a crise de abastecimento de água, a população vai exigir a responsabilidade política e criminal do governador ?

São Paulo merece ser tratado com respeito, os brasileiros dos outros estados também estão de olho nesta criminosa ação contra o bem comum da coletividade.

Racionamento é a marca do PSDB, a história se repete.

Anúncios

Um comentário em “Falta de água em SP: racionamento é a marca do PSDB

  1. Pingback: A força simbólica no ato com Dilma e Lula na PUC de São Paulo | MANHAS & MANHÃS

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: