Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

“Tão fazendo de tudo para gostarem dessa copa”

Tá aí uma daqueles que faz a cabeça do povo contra o próprio país... Segundo Jabor, a copa seria a prova inconteste da incompetência do brasileiro.

Tá aí um daqueles que faz a cabeça do povo contra o seu próprio país… Segundo Jabor, a copa seria a prova inconteste da incompetência do brasileiro.

Contextualizando: na primeira semana da copa do mundo, dentro de um vagão do metrô no Rio de Janeiro ouvi de um senhor a seguinte exclamação: “Tão fazendo de tudo para gostarem dessa copa”.

Eu não compreendi porque ele chegou aquela conclusão, mas sabemos quem fez a cabeça dele…

“Sexta-feira passada, quando voltava para casa no metrô ouvi um anúncio diferente, em forma de narração de futebol, que informava a próxima estação.

Achei muito criativa a peça publicitária e bastante oportuna para o anunciante.
Um senhor que estava próximo fez o seguinte comentário ao ouvir o reclame: “tão fazendo de tudo para gostarem dessa copa”.
Achei estranha a afirmação, como ele lançou para as pessoas próximas, me senti a vontade para dar minha opinião.
-Mas o brasileiro sempre gostou de copa, de futebol. É cultural.
Não sei se ele esperava coro, mas pensei, oras, sempre gostamos de copa do mundo e de futebol, de onde ele tirou esse pensamento?

Os problemas do país não são novidades, vem de séculos de descaso de autoridades e de tolerância da sociedade com os malfeitos, ou mesmo apropriação de tais ideias, como a famosa Lei de Gerson, quando um craque que jogou a copa de 1970, em um comercial de cigarros em plena ditadura militar, enchia os pulmões de fumaça para dizer: “gosto de levar vantagem em tudo”. E isto virou lema para espertalhões, oportunistas e “vencedores”, que com jeitinho driblam a ética.

A conclusão a que chego é que, ao contrário do que disse aquele senhor no metrô, penso que nunca se fez tanto para não se gostar de uma copa.
Toda a sorte de previsões catastróficas foram feitas para dizer que não ia ter copa, ou que se tivesse, seria um retumbante fracasso: grande risco de racionamento de energia elétrica, caos aéreo, violência nos estádios, protestos gigantescos nas ruas etc.
Nada disso se realizou, até os protestos minguaram e são marcados, vejam só, fora dos horários dos jogos do Brasil, porque afinal, manifestante também quer ver o jogo da seleção, mesmo sendo contra a copa!

É ou não é uma prova de que, mesmo se posicionando politicamente contra o evento, o brasileiro gosta de copa do mundo?

O Brasil não se reinventa apenas cantando hino a capela nos estádios ou nas eleições, mas no dia a dia, não somente condenando, mas rechaçando malfeitos do cotidiano, como o de estacionar na vaga de deficientes físicos ou de sentar em bancos preferenciais no transporte público, quando não se é um nem outro, entre tantos outros “pequenos deslizes aceitáveis”.

A intolerância e as grosserias gratuitas também não são próprios do brasileiro, os que agridem não pretendem nada além do que trazer a disputa eleitoral para dentro dos estádios e faturar politicamente.”

É preciso fazer a complementação sobre a copa até agora, após 48 partidas realizadas de um total de 64.
Em um evento que envolve 12 cidades e suas diferentes realidades sociais, diversas esferas de poder engajadas em um esforço comum para planejar e executar ações no trânsito, transporte público e segurança de delegações e das pessoas nas ruas, estes bons resultados não ocorrem por sorte apenas.
São resultados inequívocos do trabalho e competência das partes envolvidas e do povo brasileiro.

Penso que aqueles que apostaram no fracasso e no vexame, deveriam rever suas posições publicamente, ou seja, da mesma maneira como se colocaram contra a copa. Pelo bem de suas reputações, para salvar o que resta de credibilidade dos veículos de comunicação que lançaram o pessimismo sobre o país.

Mas, como prova de suas recorrentes atitudes mesquinhas, permanecem cobrindo com distorções flagrantes a copa, dando mais destaques a pequenos contratempos do que aos grandes êxitos alcançados até então.

O brasileiro merece respeito.

Anúncios

2 comentários em ““Tão fazendo de tudo para gostarem dessa copa”

  1. Um tapa de pelica no rosto dos pessimistas.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 27/06/2014 por em futebol, politica e marcado , , , , .

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: