Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Datafolha insinua: você é a favor de um golpe de estado contra Dilma?

O Datafolha quer saber se a imagem acima é legítima se "a tortura é ou não aceitável “se for a única forma de obter provas e punir criminosos” ? Direita radical se assanha, partidos políticos e candidatos a presid~encia se calam.  Grupo Folha sente-se a vontade para incitar um golpe de estado...

O Datafolha quer legitimar a imagem acima, se “a tortura é ou não aceitável “se for a única forma de obter provas e punir criminosos” ? Direita radical se assanha, partidos políticos e candidatos a presidência se calam. Grupo Folha sente-se a vontade para incitar um golpe de estado…

O quadro político brasileiro tem experimentado um constante processo de polarização, em que as forças derrotadas desde 2002 estão se aglutinando com o objetivo comum de derrotar a coalizão liderada pelo PT, de qualquer maneira, sob qualquer discurso. Sintetizado pela fala de FHC: qualquer um serve, menos a Dilma. Qualquer um, até mesmo um estado de exceção…

Atores políticos que defendem ideias retrógradas e o uso da força para tomada do poder, antes eram vistos como companhias incômodas, fardos pesados para a direita, auto intitulada, democrática. Mas com o acúmulo de fracassos eleitorais e a necessidade vital de acessarem o comando do país e decidirem o destino de nossas riquezas, a qualquer custo, a direita que disputa eleições, com os seus vícios e desvios já bastante conhecidos, já não se importam em agregar às suas hostes apologistas da ditadura, da tortura, da violência com todo o arsenal político que estejam dispostos a levar para onde esta batalha é travada. Os ultrarradicais de direita agora servem como elementos auxiliares neste combate.

A mídia tem feito o trabalho de propagador dessas formas de disputas, as legitimando, além de instigar e divulgar protestos e revoltas, para colocar mais combustível na fogueira e tentar criar um clima de desestabilização institucional.  Noticiando histericamente sem contextualizar, sem colocar as questões dentro de uma correlação razoável que considere tempo e espaço para o seu leitor.

O instituto Datafolha registrou uma pesquisa eleitoral esta semana junto ao TSE.

Ocorre que, além das perguntas sobre em que candidato o eleitor votaria se as eleições fossem hoje, o braço eleitoral do grupo Folha de São Paulo elenca várias perguntas que levam o pesquisado a pensar sobre se não vale um ditadura, nem tão branda, em lugar da democracia para que se mude o país.

O jornal Folha de São Paulo em 2010 chegou as raias do ridículo e da irresponsabilidade ao publicar uma falsa ficha do Dops de Dilma, recebida por e-mail de um site ultraconservador, apenas com o real objetivo de prejudicá-la e ajudar seu desesperado candidato, editorialmente não assumido, José Serra.  A Direita do vale tudo não tem limites éticos, qualquer fim justifica o meio.

Lendo o Tijolaço,bom costume que cultivo diariamente, tomei conhecimento das perguntas que o Datafolha fará ao eleitor e são assombrosas tais questões, algumas delas:

  • Você é a favor ou contra a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil?
  • Você é a favor ou contra os protestos que estão ocorrendo em várias cidades brasileiras desde junho do ano passado?
  • E você é a favor ou contra que ocorram protestos de rua DURANTE a Copa do Mundo que será realizada no Brasil?
  • A tortura é ou não aceitável “se for a única forma de obter provas e punir criminosos” ?
  • Movimentos sociais precisam ou não respeitar a lei e a ordem para reivindicar seus direitos?
  • Os direitos humanos devem ou não valer para criminosos?
  • Analfabeto pode votar?
  • O melhor para a sociedade é que as pessoas sejam vigiadas ou não?
  • É melhor ou pior a democracia que a ditadura, ou tanto faz?
  • Há alguma chance de ocorrer uma nova ditadura no Brasil?
  • A Ditadura Militar que governou o país de 1964 a 1985 deixou mais realizações positivas do que realizações negativas para o Brasil ou deixou mais realizações negativas do que realizações positivas para o Brasil?

Os grifos são nossos e servem para destacar o espanto com a descarada tentativa de buscar alinhar o pensamento do eleitor à pauta política difundida nos meios de comunicação hegemônicos, colado ao discurso de falsos democratas, alarmistas daquilo que, inescrupulosamente, ajudam a criar, mas sem se responsabilizarem.

O que pensar do silencio dos candidatos a presidência da República pela oposição? Incluindo-se Eduardo Campos, neto do perseguido político pela ditadura, Miguel Arraes. Este tipo de episódio serve para ilustrar o real compromisso destes políticos com a defesa do Estado Democrático de Direito.

Os partidos políticos fingem que não percebem um precedente perigoso, aquilo que está sendo plantado no seio da sociedade pelos defensores do uso do ódio e da propagação do ideário do atraso como elementos primários no jogo político.

Esta pesquisa merece repúdio político, precisa ser defenestrada, combatida severamente.  Uma ação como esta não é pensada e executada de improviso, certamente, oculta objetivos nada salutares.

Faltou o Datafolha ter um pouco mais coragem e revelar seus desejos mais sinceros e fazer a pergunta que não está impressa em seu questionário golpista, mas firmada nas suas costumeiras ações políticas, travestidas de noticiário dos veículos de comunicação do grupo Folha de São Paulo:

  • Você é a favor de um golpe de Estado contra Dilma Rousseff?
Anúncios

4 comentários em “Datafolha insinua: você é a favor de um golpe de estado contra Dilma?

  1. Pingback: Esperteza do Ibope já é a estratégia dos institutos de pesquisa contra Dilma? | Palavras Diversas

  2. Iolanda
    20/02/2014

    Acho ridículo até se pensar assim. A Presidenta é ótima e não vejo porque esses reacionários ficam atrás de atrapajhar o governo com idiotices.

    Curtir

  3. Essa atitude do DATAFOLHA é uma barbárie contra nossa democracia ainda que jovem e muito frágil.
    Isso tem que ser denunciado ao Ministério Público e remeter uma ação contra um jornal desse que imprime uma pesquisa desta.

    Curtir

  4. Pingback: Datafolha insinua: você é a favor de um golpe de estado contra Dilma? | Luizmuller's Blog

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: