Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

E os dias seguintes, Marina e Campos?

Ronaldo Caiado, liderança do latifúndio brasileiro, é mais um adesista do projeto socialista pragmático de Marina e Campos

Ronaldo Caiado, liderança do latifúndio brasileiro, é mais um adesista do projeto socialista pragmático de Marina e Campos

Aspirar politicamente é válido.

A democracia permite aspirações e programas políticos, dos mais variados.

Não ter conseguido criar a própria legenda, não poderia ser impeditivo para Marina Silva se lançar eleitoralmente.

Mas penso que partidos políticos não podem funcionar apenas em períodos de eleições.  Necessitam de bases sociais sólidas para lhe dar identidade e diretriz.

Faltou isso a Rede.  Porque , senão, teriam alcançado o número mínimo de assinaturas para torná-lo oficial, receber um número e passar a constar nas urnas eletrônicas em 2014.

Filiar-se a um partido já existente e regular, também não é crime e faz parte do embate democrático.

Marina o fez. Está correta.

Mas não fez isso sozinha, trouxe novos filiados aos socialistas, gente que até pouco tempo deplorava a esquerda progressista. o PSB foi infiltrado por filiados pregressos do DEM [ex-PFL] e ruralistas avulsos…

E aí, como é que fica a coerência, Marina? E Eduardo Campos, que projeto de novo Brasil é esse que atrai e aceita os praticantes do velhas políticas em seu espaço, que sua chapa diz querer superar?

Marina costuma citar Chico Mendes como sua liderança e norte em suas decisões políticas.  Mendes aprovaria suas recentes ligações com os ruralistas, responsáveis por seu assinato?

Marina costuma citar Chico Mendes como sua liderança e inspiração em suas decisões políticas. Mendes aprovaria suas recentes ligações com os ruralistas, responsáveis por seu assassinato?

O movimento de Marina atraiu políticos da direita, desenganados com as perspectivas eleitorais do PSDB e de Aécio, para engrossar as fileiras de Campos.  Trouxe ruralistas, representação social do atraso no campo, representantes do latifúndio e que foram responsáveis pelo assassinato de Chico Mendes, de quem, Marina, costuma lembrar como sua liderança no passado e norte de sua atuação partidária até então.

Mendes aprovaria este vale tudo?

A dupla do novo “socialismo pragmático”, que acolheu Ronaldo Caiado como entusiasmado apoiador e Jorge Bornhausen e Heráclito Fortes na mesma legenda, adotou o discurso do ódio político e da divisão.  Marina diz que sua maior luta agora é contra “o chavismo do PT”.  O PT seria,  mesmo, chavista? Creio que não, infelizmente…

Campos, em seu primeiro mandato de governador de Pernambuco, teve como o seu maior cabo eleitoral, Lula. O governador Pernambucano recebeu de braços abertos e largos sorrisos Hugo Chávez, para celebrar o investimento da estatal venezuelana, PDVSA, na construção de uma refinaria em Pernambuco, a Refinaria Abreu e Lima, em parceria com a Petrobrás.

Agora o chavismo é nocivo aos “socialistas pragmáticos”?

A PDVSA, estatal venezuelana, é responsável por 35% dos investimentos totais na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O Chavismo é agora nocivo para o neto de Miguel Arraes...

A PDVSA, estatal venezuelana, é responsável por 35% dos investimentos totais na refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. O Chavismo é agora nocivo para o neto de Miguel Arraes…

A democracia permite movimentações partidárias, programáticas e de costumes políticos, considerando ou não certas práticas como eticamente aceitas, tudo isto faz parte e tem seu preço.

Cabe ao eleitorado, amadurecido e atento, perceber intenções e dar apoio ao que constata, ou censurar ações que não concorde.  A política está sujeita a reviravoltas e contradições, que também fazem parte do jogo.

O Brasil amadurece sua democracia e parece já ser capaz de perceber que projetos políticos são legitimados por bases sociais fortes e não baseadas em decisões unicamente personalistas ou movidas por rancor e desejos de vingança.

Anúncios

2 comentários em “E os dias seguintes, Marina e Campos?

  1. Joao guilherme de oliveira neto
    13/10/2013

    Pois é,penso que Marina perdeu o discurso,sem entrar no PSB,seria a atitude mais certa a validar numa opção diferente a REDE.

    Curtir

  2. KKKK… Se entendi bem o Caiado está do lado dos que dizem socialista. KKKK… Essa eu vou falar pra mãe. KKKK…

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: