Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Capítulo final de um triste espetáculo midiático: o voto de Celso de Mello

Ministros do STF são alçados a condição de estrelas midiáticas e julgamento do mensalão segue script  de um folhetim barato escrito pela opinião publicada

Ministros do STF são alçados a condição de estrelas midiáticas e julgamento do mensalão segue script de um folhetim barato escrito pela opinião publicada

Em 2002 o decano do STF, Celso de Mello, assim se posicionou sobre a admissibilidade dos embargos infringentes:

“O Supremo Tribunal Federal, em normas que não foram derrogadas e que ainda vigem, reconhece a possibilidade de impugnação de decisões de mandados do plenário desta corte em sede penal, não apenas os embargos de declaração, como aqui se falou, mas também os embargos infringentes do julgado, que se qualificam como recurso ordinário dentro do STF, na medida que permitem a rediscussão de matéria de fato e a reavaliação da própria prova penal”.

Mas hoje ao ser questionado por repórteres sobre sua decisão na próxima semana, o ministro saiu-se com uma afirmação que mais se assemelha a uma peça de propaganda para promover o capítulo final de uma novela:

 “Eu prefiro que os senhores vejam lá”.

O jogo está 5X5, o STF pediu a prorrogação para decidir a questão e a vida de 12 julgados, entre eles José Dirceu e José Genoíno.

A “parada técnica” solicitada por Joaquim Barbosa mais serve para recuperar o fôlego daqueles que defendem o atropelo da lei e da história da mais alta corte do país, não se justifica como ato necessário para o desenrolar do processo AP-470.

Dirceu e Genoíno não estão nas mãos de Celso de Mello, este que será apenas objeto dos abutres midiáticos, que farão o maior estardalhaço para que o último voto se transforme na apoteose golpista, tão bem ensaiada nos últimos anos, descaradamente.

O STF virou palco de uma novela escrita nas opiniões publicadas pela grande imprensa e encenada por ministros muito afeitos aos papéis que lhes destinaram.

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: