Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

A truculência e a farra dos maus médicos: flagrante desrespeito à saúde do povo

Maus médicos são maioria no combate ao programa “Mais Médicos” do governo Federal.  Médicos cubanos são hostilizados por profissionais da saúde que ignoram as necessidades do povo, como confirmou reportagem do SBT em Araruama/RJ…[vale a pena ver o vídeo desta matéria]

Um médico cubano foi hostilizado ao chegar ao aeroporto de Fortaleza.  O ato foi de flagrante ignorância e despeito às necessidades das pessoas que não são atendidas, decentemente, por médicos que não se interessam em trabalhar em locais mais distantes dos grandes centros.

Estes médicos de Fortaleza não querem ir ao interior, mas também não querem deixar que aqueles que queiram possam ir.

Vejam o que foi noticiado sobre o lamentável incidente de Fortaleza pelo O Globo, versão on line:

O secretário de Estratégia e Participação do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, considerou a atitude dos médicos cearenses ‘xenofóbica, preconceituosa e racista’. Na saída da escola, ele foi agredido e atingido por um ovo:

— O que a gente presenciou foi um ato de truculência, violência, xenofobia, racismo e preconceito. Os médicos brasileiros presentes no ato agrediram verbalmente os médicos cubanos, chamando-os de escravos, de incompetentes e mandando eles voltarem para suas senzalas. Quando os médicos saíram, eu fui agredido com murros, empurrões, tapas e um ovo acertou a minha camisa.

Na reportagem que ilustra este post, o SBT registrou médicos de um hospital público de Araruama, Rio de Janeiro, sendo flagrados batendo ponto e retornando imediatamente para suas casas ou clínicas particulares.

Em total desrespeito com a população, cerca de 700 mil habitantes, que precisa daquele hospital.

Em um trecho das filmagens é possível perceber a preocupação destes “maus médicos” em burlar a equipe de reportagem e poder sair sem serem vistos, o mais rápido possível.

A indignação destes médicos com o flagrante, revela que já perderam, há muito tempo, seus sensos éticos e compromissos profissionais para com aqueles que sustentam o sistema de saúde que paga, regiamente, seus salários.

Penso que a conduta destes médicos da região dos lagos do Rio de Janeiro, não são apenas fatos isolados.  Isto se repete em várias partes do Brasil, infelizmente.

Deveriam partir para o interior e para as periferias brasileiras e lá fazerem seus atos de desagravo a chegada dos médicos cubanos.  E mais, deveriam tentar convencer a população destes lugares, esquecidas pelo poder público em seus direitos básicos de acesso a saúde pública, de que os médicos cubanos são desnecessários e prometer a estas pessoas que eles resolverão o problema com afinco e dedicação.  Com visão humana e não mercadológica da saúde.

Há diferença entre os médicos truculentos de Fortaleza e os gazeteiros de Araruama [ou da sua cidade]?

Em ambos os casos estes médicos não assistem a população, direta ou indiretamente…

Em tempo:

Uma jornalista, Micheline Borges, revela o sentimento que movimenta a onda contrária a chegada dos médicos cubanos por parte de alguns médicos brasileiros e de um setor rancoroso, conservador e racista da sociedade brasileira, confiram o que postou em seu perfil no Facebook:

preconceito

Anúncios

Um comentário em “A truculência e a farra dos maus médicos: flagrante desrespeito à saúde do povo

  1. Maria Regina de Sá
    28/08/2013

    Peço desculpas aos doutores médicos recém chegados de Cuba e esclareço que aqui além da falta de médicos, há também falta de educação

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: