Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Antipetismo insidioso de Veja e pés amputados

Capa de Veja desta semana e alguns exemplos de sua parcialidade antipetista.  Semanário da Abril subverte a ordem dos fatos e diz que CPMI se volta contra PT, omite-se de responsabilidades e limpa a barra da oposição…

A revista Veja, desde que o escândalo do esquema Cachoeira estourou e viu-se ameaçada a partir dos fortes laços descobertos entre seu editor chefe e o contraventor Carlinhos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres, praticamente retirou de suas capas qualquer menção à apuração dos fatos relacionados aos personagens citados.
Fez apenas uma capa em que cita a Delta, Marconi Perillo, Agnello Queiroz e Sérgio Cabral.  Apenas uma…

Nesta semana, após toda a farsa montada, sem sucesso, com a participação decisiva de Veja e o ministro do STF, Gilmar Mendes, sobre uma conversa “suspeita” entre ambos, na presença de Nelson Jobim, a revista, com toda desfaçatez que lhe é característica e em agrado aos seus leitores mais reacionários, faz um exercício de inversão da verdade, digno de manipuladores da pior espécie: os desesperados que atiram para qualquer lado.

Veja afirma, categoricamente, que a CPMI atinge, em cheio, o partido que propôs sua instalação no Congresso.

A revista de Robert Civita e do seu editor chefe, Policarpo Jr., tece uma chamada em que deixa escapar sua compreensão sobre a ética, ou neste caso, a falta de.
O periódico, nas entrelinhas, quer dizer que era melhor não ter criado tal comissão parlamentar, porque o “feitiço pode virar contra o feiticeiro”, algo em linha com a postura da grande imprensa antes do Congresso decidir criar a CPMI: eram contra a instalação, em sua maioria.

Sabe-se o porquê.  Alguns jornalistas destes veículos de comunicação estariam envolvidos com o esquema criminoso e a serviço dos interesses do contraventor e de agentes políticos, muitos deles abrigados na oposição, como o senador Demóstenes Torres, muitas vezes perfilado em publicações da mídia tradicional como um menestrel da ética, um herói da política brasileira.
A farsa foi desmontada pelas investigações da Polícia Federal e a CPMI tem a grande oportunidade de trazer a cena mais nomes e casos de corrupção deste consórcio horripilante: imprensa conservadora, contravenção e políticos, majoritariamente da oposição.

Em coerência com sua postura inicial, Veja, continua tentando desmoralizar a investigação do Congresso e, em outra frente, criminalizar seus defensores.
Mas ao leitor, em linhas gerais, quer dizer que esta CPMI não é necessária, não precisava ser instalada.
Aos partidos que a instalaram dá seu recado mais torto e desprovido de ética: se não mexessem com o que tava quieto ninguém sairia perdendo…
Este é o senso moral desta publicação, que é compartilhado por outros grandes órgãos de comunicação: desinformar pela omissão de fatos relevantes, partidarizar em desfavor dos adversários, não tornar público fatos que apontem desvios éticos e morais de si mesma ou de seus aliados.

O mosaico das capas contra o PT que ilustra esta postagem deixa mais do que claro qual é a missão desta revista, não é preciso dizer muito mais.
Agora uma outra questão que corrobora a frase acima: quantas capas a revista dedicou para denunciar, incisivamente, Gilmar Mendes, Demóstenes Torres, PSDB e a oposição?
Logo fica ainda mais nítida motivação que move a Veja e de que lado se posiciona politicamente.

Finalmente quem será que está alvejando o próprio pé neste episódio?
Mais: Veja amputou seus pés com todas as matérias que publicou baseadas em um esquema criminoso de escutas ilegais, chantagens e fontes advindas do crime organizado.
Hoje ampara-se em muletas facciosas que não sustentam sua auto proclamada credibilidade, mal consegue disfarçar seu desequilíbrio, caminha com dificuldade em apurações noticiosas, esbarrando atabalhoadamente na verdade dos fatos.
Isso é o que sobrou da publicação da editora Abril.

Anúncios

3 comentários em “Antipetismo insidioso de Veja e pés amputados

  1. Pingback: Partidarismo da mídia contamina ambiente eleitoral e mercado financeiro | Palavras Diversas

  2. florencio1
    14/05/2014

    Republicou isso em Florencio1's Blog.

    Curtir

  3. Eu quero assistir de camarote sua decadência; pois eu parto da premissa do que diz na BÍBLIA em PROVÉRBIOS Capítulo 12 Versículo 19: “A MENTIRA tem vida curta, mas a VERDADE vive para sempre.” E pode ter certeza senhores que a verdade vai ser posta as claras, ainda, apesar, de demorar um pouco. KKKK… Como isso me traz segurança. Oh DEUS como TU és MARAVILHOSO.
    Pessoal não esmoreçam, continuem investigando e publicando a verdade, pois assim, vocês receberão a Gloria do Galardão que ELE promete aos que publicam a verdade dos fatos.

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 03/06/2012 por em Uncategorized.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.450 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: