Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Analistas econômicos apontam acertos do governo Dilma

Construção civil é um dos setores mais aquecidos da economia, gerando mais empregos e renda, alavancado pela política expansão do crédito do governo para a aquisição da casa própria

Geração de empregos e consumo são pontos-chave para crescimento
Para ganhadores do Prêmio iG/Insper, País vive bom momento e com juros em queda e inflação sob controle deve retomar trilha de crescimento

A retomada do crescimento da economia com mais fôlego nos próximos meses está diretamente ligada à manutenção do ritmo de geração de empregos e o consumo, segundo a avaliação dos vencedores do Prêmio iG/Insper Negócio do Ano , promovido em parceria pelo portal iG e pelo Instituto de Ensino e Pesquisa – Insper, com o apoio da consultoria PricewaterhouseCoopers (PwC).

Para José Luiz Acar Pedro, presidente do Banco Panamericano e sócio do BTG Pactual , o grande vencedor da edição 2012 do Prêmio Negócio do Ano iG/Insper, o País está no caminho certo e deve encerrar este ano com um crescimento em torno de 4%, acima dos 2,7% registrados em 2011, e com uma taxa de desemprego baixa. “Na nossa avaliação esse cenário é importantíssimo e será o pulmão do crescimento”, diz.

“A taxa de juros caindo e a inflação sob controle e declinando são fatores muito importantes para o crescimento da economia e positivo para todos os setores”, acrescenta o executivo.

André Sá, presidente da Brazil Pharma , companhia que conquistou o Prêmio iG/Insper na categoria “Negócio Mais Ousado do Ano”, avalia que o Brasil vive o melhor momento de sua história, com o consumidor em um processo de inserção, podendo ter acesso a novos produtos. “O crescimento da classe média é um movimento muito forte e robusto. Isso anima os empresários e impulsiona a atração de investimentos. Criou-se no Brasil nos últimos anos um ambiente para atrair capital, criar negócios e gerar oportunidades de trabalho”, diz.

Segundo o executivo, o País segue um cenário de crescimento parecido com o vivido pelos Estados Unidos três décadas atrás. “Temos hoje uma classe média forte, empreendedores, riquezas naturais”, diz Sá. “Esse cenário mostra que existem oportunidades para todos e para se construir grandes negócios”, completa.

De acordo com Cristina Betts, vice-presidente de Finanças do Grupo Iguatemi , companhia premiada na categoria “Melhor Retorno ao Acionista”, o País vive um momento de crescimento onde o desafio é colocar todos os empreendimentos de infraestrutura de pé o que também é uma meta do grupo, inaugurando novos complexos.

Para Rodrigo Galindo, presidente da Kroton Educacional , companhai premiada na categoria “Negócio mais Ousado”, um dos desafios está sendo vencido com a redução da taxa de juros, tornando o capital mais atrativo para investimentos, criando estímulos ao crescimento. “Emprego é um ponto muito relevante para garantir o crescimento e estimular uma melhor capacitação profissional”, diz.

Na visão de Leonardo Bordeaux, superintendente da BR Malls , empresa premiada na categoria “Empresa mais Poderosa em Fusões e Aquisições”, as perspectivas são favoráveis para o consumo e o varejo interno continua com um desempenho positivo. “O Brasil segue sendo a bola da vez e isso favorece o nosso segmento”, diz

Ig

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 25/04/2012 por em economia.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: