Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Ajude você também #VejaInvaders a bolar o "factóide perfeito"

“Veja” é capaz de montagens desrespeitosas e de mau gosto como esta e tantas outras

A revista Veja esta semana publicou inusitada matéria para divulgar, ao povo brasileiro, que José Dirceu tem um escritório em Brasília e, que, talvez pela localização geográfica deste escritório, afirma que de lá são tramados golpes contra a presidenta Dilma…

Não apresenta fato algum para corroborar esta hipótese, apenas faz uma elocubração digna de videntes hipersensíveis…

Também, por conta disso, não faz jornalismo, só lança boatos, na esperança de ver prosperar no comentário, do tipo boca-a-boca, de quem não ler a matéria e se impressionar com a capa do panfleto…

Lança com este factóide, garantida por toda a repercussão que a revista conseguiu, pois as vendas decadentes do periódico não seriam suficientes para tanto, uma opção de “bode espiatório” para todo tipo de conspiração política contra o governo de Dilma: José Dirceu seria, sumariamente, o culpado… Mesmo que as conspirações e tramas sejam criadas pela oposição, fogo amigo e imprensa conservadora, como a própria Veja é capaz de articular, a partir do vácuo de suas idéias para o bem do país…

Veja trabalha, incansavelmente, para fazer de sua linha editorial magno exemplo para os tablóides ingleses. Quem sabe Rupert Murdoch envie trainees para ambientação nas redações do semanário do grupo Abril?

Creio que devamos ajudar a Veja, em seu dedicado e comovente ofício, a “explorar” um fato novo, algo realmente explosivo, que abale o equilíbrio político do governo Dilma e detone a coesão social brasileira, levando o país para a beira do abismo político! 
Poderia ser algo como: “Lula é ‘o cara’ do PT”, com sugestivo sub-título: “correntes políticas de Dilma e de Lula travam sangrenta batalha pelo controle do partido e paralisam o governo”;

Ou, “PT se degladia e enfraquece Dilma” (com uma capa bem desrespeitosa com a presidenta, claro, senão não é a Veja…), com direito a longa coluna de Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes, destilando todo o horror e asco que nutrem pelo partido, pela presidenta e povo brasileiro, “enriquecida” por fontes que “pedem” para não serem identificadas;

Pode ser também: “PT mantém cruéis disputas pelo poder”, com um subtítulo para desautorizar a presidenta: “correntes do partido com cargos no governo travam duras batalhas pelo controle da legenda e ignoram apelo da presidenta”, a revista poderia “tecer” análises sobre a diversidade política do partido, como algo negativo para o governo e para o país, seguindo seu ideário editorial antidemocrático e autoritário, como de praxe;

Extrapolando a pauta sobre o PT, a revista também poderia “investigar a fundo” porquê os “insuspeitos” especialistas em economia, Pedro Malan e Arminio Fraga, prevêem o colapso econômico do Brasil em um futuro próximo e roteirizar, bem a seu feitio didático-superficial, um manual para o pré-crise inevitável, aconselhando as pessoas a não consumirem e apertarem o cinto, com a seguinte manchete de capa: “Porquê o Brasil vai quebrar”, com subtítulo “delicado”: “como o Brasil está sendo arrastado para o fundo do poço, segundo especialistas da área econômica”;

Veja pode também apostar na indignação de “figuras ilustres e apartidárias”: “Formadores de opinião tentam salvar o país”, afirmando, logo após: “Cristiane Torloni, Carlos Vereza, Luciano Huck, Regina Duarte e Ferreira Gullar falam sobre o rumo político brasileiro e a praga da corrupção”;

Caberia também um achado editorial, em uma coincidência oportuna: “Teixeira votou em Dilma”, complementado desta maneira: “cartola da CBF, em entrevista exclusiva, afirma que não votou em Serra…”

“Colabore” com #VejaInvaders
Claro que, como é possível perceber, este post está carregado, a níveis extremos, porém saudáveis, de sarcasmo e críticas ao jornalismo pobre de conteúdo verídico e rico de versões manipuláveis praticados, com primor de fidelidade, pela revista Veja, mas cumpre também o papel de reiterar a farsa editorial que produzem e, com certo humor, “ajudá-los” no ofício de encontrar o factóide perfeito para desestabilizar o governo e criar o caos econômico-político-social que buscam, com ardor, alcançar, custe o que custar.
Por causa da tentativa de invadir o quarto de José Dirceu e, quem sabe, instalar escutas ilegais para espioná-lo, cometendo crimes previstos na legislação brasileira, a publicação semanal virou piada na internet e no twitter e ganhou o adequado pseudônimo de #VejaInvaders, que papelzinho ordinário…
Não seria exemplo para também virar caso de investigação da Polícia Federal?  Ou temem uma resposta conjunta de órgãos de imprensa, conservadores e aéticos como Veja, condenando a vítima de praticar intimidação à imprensa  e à liberdade de imprensa?
Você também teria uma “sugestão infalível”, bem ao estilo “vejiano”, raso e sem objetividade, para oferecer aos editores do semanário da editora Abril?  Então aproveite e exerça o seu sarcasmo e desprezo com a Veja, aqui conosco.
Leia também:

Óbvio, ululante! Até os minerais sabem dos factóides da Veja

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 28/08/2011 por em imprensa conservadora.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: