Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

Latuff ilustra o porquê do apoio americano aos rebeldes líbios

A ilustração que revela o que está por trás do apoio americano aos rebeldes líbios…

O cartunista brasileiro, Carlos Latuff, tem conseguindo ilustrar, de maneira clara e direta, os últimos acontecimentos políticos ocorridos no mundo árabe.
Seus desenhos tem sido utilizados por ativistas pró-democracia em suas manifestações, desde a queda de Mubarak no Egito.
Latuff agora tem acompanhado, com bastante atenção e sensibilidade, as agitações na Líbia.

Segundo o cartunista, seu envolvimento com o conflito na Líbia começou a partir da procura dos próprios manifestantes, principalmente através da internet, assim como os organizadores dos protestos em outros países imersos na chamada primavera árabe.

“Faço desenhos a pedido dos manifestantes e coloco na internet”. “É um trabalho autoral, mas não se trata da minha opinião. É preciso que seja útil para os manifestantes, e que eles possam usar aquilo como uma ferramenta.”  Latuff, como ilustrado na imagem dessa postagem, soube muito bem imprimir sua sensibilidade, de quem se declara defensor da solidariedade entre os povos, aquilo o que está em jogo na Líbia.

Seus traços já são parte da iconografia deste momento e seus possíveis desdobramentos, como a total ingerência dos Estados Unidos sobre os recursos naturais, principalmente o petróleo, daquele país: “Na minha opinião, o processo se encerrou, o Khadafi já caiu, não tem mais volta. Mas em breve haverá um novo governo e isso pode gerar novos problemas. Vamos ver o que vem por aí”.
O que vem por aí? Possivelmente um país colonizado e sem soberania para resolver os problemas causados pelo regime de Khadafi e pelas agressões militares da OTAN, parece que o futuro próximo da Líbia seja o de repetir o Iraque, se transformando em mais um entreposto petrolífero dos Estados Unidos no oriente médio.

Latuff prega a solidariedade entre os povos e nações e condena o estado beligerante:

“As pessoas hoje perderam o senso de solidariedade. Quando alguém apoia uma causa que não é dela, muitos logo desconfiam. O meu princípio é o do internacionalismo, como defendia o Che Guevara. Acredito na solidariedade entre os povos.”

A imagem da sucessiva troca de bandeiras, representa, a meu ver, uma face perversa da dominação e a sobreposição do “novo” em detrimento da identidade de uma nação subjugada militar e culturalmente.
Com informações da BBC Brasil
Leia também:

Anúncios

Um comentário em “Latuff ilustra o porquê do apoio americano aos rebeldes líbios

  1. Anonymous
    26/08/2011

    Certamente, como no caso do Iraque, um belo país, com educação e saúde públicos de qualidade está dando lugar a um arremedo de país, destroçado,vilipendiado, espoliado, com um governo títere imposto pelos EUA e seus asseclas, certamente comandado pelos raadicais islâmicos que essas potencias genocidas fingem combater. O preço dessa “vitória” foi e continuará sendo, como no Iraque e no Afeganistão, a perda de milhares de vidas inocentes, entre elas centenas de crianças.
    E eles se dizem os paladinos da democracia.

    lia vinhas

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 25/08/2011 por em Uncategorized.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.450 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: