Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

A queda da "cortina de ferro" do mundo árabe: varrendo a desesperança como no leste europeu nos anos 1980

Menos uma liderança servil ao Ocidente que cai no O.M.

O que ocorre no mundo árabe, especialmente os distúrbios sociais presenciados na Tunísia, Egito, Iêmem, Bahrein e Líbia, me trazem a lembrança a queda da cortina de ferro, dos regimes comunistas do leste europeu, que, um a um, foram derrubados por levantes populares descontentes com os rumos daqueles países e a falta de horizontes e reformas.

Não afirmo que as causas são as mesmas para o fenômeno social que hoje explode no Oriente Médio, nomeado por alguns de “Neoarabismo”, mas o que se pode enxergar neste momento é o descontentamento da população de países governados com “mão de ferro” por governantes ou governos anti-democráticos, servis ao Ocidente e o esgotamento de lideranças que se mantiveram no poder por décadas.

O preço deste movimento tem sido cobrado por centenas de vidas perdidas nas manifestações reprimidas violentamente pelos governos, como o absurdo vivido na Líbia de Kaddafi, que ordenou o ataque a civis com uso de aviões militares.

Aeronaves militares abrem fogo em vários locais de Trípoli

LONDRES (Reuters) – Aeronaves militares atacaram uma multidão de manifestantes antigoverno em Trípoli, capital da Líbia, disse a televisão Al Jazeera.

O líbio Soula al-Balaazi, que disse ser ativista da oposição, afirmou à rede por telefone que caças da Força Aérea líbia bombardearam ‘alguns locais em Trípoli’. Ele disse que falava de um subúrbio de Trípoli.
Nenhuma verificação independente da notícia estava disponível no momento.

Outro morador da capital também afirmou à TV que diversas áreas da capital estão sendo bombardeadas.
‘O que estamos testemunhando hoje é inimaginável. Aviões de guerra e helicópteros estão bombardeando indiscriminadamente uma área depois da outra. Há muitos, muitos mortos’, disse Adel Mohamed Saleh.
Um analista da consultora Control Risks, com sede em Londres, afirmou que o uso de aeronave militar contra o seu próprio povo indica que o fim está próximo para Muammar Kaddafi.

‘Esses realmente parecem ser os últimos e desesperados atos. Se você bombardeia a sua própria capital, é muito difícil ver como você pode sobreviver’, disse Julien Barnes-Dacey, analista da Control Risks para o Oriente Médio.

‘Mas eu acho que Kaddafi vai comprar a briga. Acho que os rumores dele fugindo para a Venezuela vão se provar errados. Na Líbia, mais do que em qualquer outro país na região, há a perspectiva de violência grave e conflito direto.

O secretário de Relações Exteriores britânico, William Hague, afirmara mais cedo que Gaddafi poderia estar se dirigindo para a Venezuela, mas uma fonte do governo em Caracas negou a informação.

Anúncios

Um comentário em “A queda da "cortina de ferro" do mundo árabe: varrendo a desesperança como no leste europeu nos anos 1980

  1. Erik Oliveira
    22/02/2011

    MOVIMENTOS

    informações – divisão do trabalho
    processos

    EQUILIBRAR CENTRO DE DECISÕES
    -quem se relaciona com quem
    -visualização de pessoas em movimento
    -frequências de comunicação

    NUVEM DE DADOS INFORMACIONAIS
    -monitoramento
    -mediações – comunicação entre pessoas (SOLIDARIEDADE)

    Curtir

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 21/02/2011 por em Uncategorized.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: