Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

O bombardeio midiático: Lula e Dilma resistem e afundam a credibilidade dos "formadores de opinião"

A imprensa conservadora tomou partido, mas não admite e se diz “imparcial”, quem crê nessa imparcialidade?

O azul do cenário do JN não é mera coincidência…

Por que será que após três semanas de bombardeio midiático negativo contra uma candidatura e questões levantadas para serem exploradas pela oposição, as pesquisas não se alteram, ou pior (para a oposição, claro) a vantagem de Dilma Roussef aumenta cada vez mais?

Creio que seja porque, entre tantas outras coisas, a imprensa encampou de vez o papel de “atirador de elite da oposição”.  Usa seus meios de comunicação: rádios, tv’s, jornais impressos e portais de internet, para alvejar o que é governo, PT, partidos governistas, Lula e candidatura de Dilma, tudo em um só pacote, uma espécie de canal PFC da política, gratuitamente distribuído à audiência, um bônus de quem “informa SEUS fatos isolados,  para desinformar no geral”. 

Tá bastante claro, indisfarçável, o jogo feito pela grande imprensa conservadora…Ricardo Kotscho, em seu blog não poderia ter sido mais feliz em sua análise, instigado por e-mail de um de seus leitores:

“…O citado JN no Ar, por exemplo, levanta todo dia a bola dos problemas das cidades brasileiras, onde falta de tudo e nada funciona. No mínimo, tem lugar onde falta homem e tem lugar onde falta mulher… Logo em seguida, entra o programa do candidato José Serra para apresentar as soluções(…)Já não dá mais para saber onde acaba o telejornal e onde começa o horário político eleitoral”

“…O esquema é sempre o mesmo: no sábado, a revista Veja lança uma nova denúncia, que repercute no JN de sábado e nos jornalões de domingo, avançando pelos dias seguintes. A partir daí, começa uma gincana para ver quem acrescenta novos ingredientes ao escândalo, não importa que os denunciantes tenham acabado de sair da cadeia ou fujam do país em seguida. Vale tudo.” [Balaio do Kotscho]

Hoje o Merval, jogando a toalha, usou de sua coluna para dizer que é preciso votar na Marina, se quiserem derrotar Dilma e o Lulismo…Quiserem quem, caro articulista?  O Globo? A mídia conservadora em geral? Serra, com certeza não…

A montagem da farsa da imprensa gaúcha em 2002
Em 2002 setores da imprensa conservadora golpista gaúcha, capitaneada pela RBS, afiliada da Rede Globo, pôs em operação a pouco menos de um mês do primeiro turno uma operação para derrotar Tarso Genro, até então líder absoluto nas pesquisas, contra seu maior rival e pupilo da RBS, Antônio Britto.  Mas percebendo que não conseguiriam levar Britto em condições de vencer Tarso em um segundo turno, criaram um produto político de última hora, Germano Rigotto, que incensado pela mídia local como alternativa diferente das experimentadas até então, seria a única alternativa capaz de levar o Rio Grande adiante…Com tamanha exposição positiva de Rigotto, negativa de Tarso e neutra de Britto, transformaram Rigotto em vencedor das eleições e tiraram do mapa Britto. 
Rigotto foi “inventado” apenas para derrotar Tarso e logo foi cooptado pelo grupo político de Britto.  Seu governo foi tão ruim que os gaúcho não permitiram que ele chegasse ao segundo turno das eleições em 2006…A farsa durou quatro longos anos.  Talvez seja o preço que pague hoje José Fogaça, candidato ao governo gaúcho, que não deslancha nas pesquisas, pertencente ao grupo político de Rigotto.

Se Serra não reagir, talvez alguns setores desesperados possam apelar para a repetição da farsa gaúcha de 2002…Possível? Sim, pelo menos na montagem, mas no resultado, pouco provável.

As pessoas não parecem mais confiar cegamente na leitura dos fatos feita pelos especialistas da grande mídia, as pessoas só por assistirem determinadas emissoras de tv, não se sentem obrigadas a concordar e seguir certas análises.  Os jornalões, assim como as revistas semanais, se embrenharam em uma segmentação radical de seus leitores, que tanto quanto as publicações, são conservadores e se satisfazem com o que leem e/ou escrevem nesses espaços, as pessoas do mundo real não são alcançadas.

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19/09/2010 por em imprensa conservadora.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.451 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: