Palavras Diversas

Desde 2010 observando política, mídia e sociedade

NÃO à censura ao blog "Os Amigos do Presidente Lula": blogosfera livre

Que o MPE trate da mesma maneira imprensa tradicional e internet: respeitando o direito à liberdade expressão e de escolha política

O MPE (Ministério Público Eleitoral) apresentou denúncia contra o blog “Os Amigos do Presidente Lula” junto ao TSE, por acreditar que a sua existência provocaria um desequilíbrio entre os postulantes à presidência da República, no encaminhamento feito pede a retirada do ar do blog: a censura rondando a internet.

Acontece que o blog existe há cerca de cinco anos e se caracteriza pela militância política na internet, um espaço democrático e de liberdade de expressão, pelo menos deveria ser compreendido dessa maneira pelas autoridades eleitorais.
Manifestar preferência política e divulgá-la não representa crime, muito menos risco ao embate eleitoral, muito pelo contrário, demonstra capacidade de organização social na defesa de suas escolhas, que não podem ser cerceadas pelo MPE, ainda mais por um argumento tão frágil e insólito.

Por que será que o MPE não representa contra os principais meios de comunicação brasileiros, que, explicitamente, fazem propaganda diária e incessante favorável à oposição, na maioria das vezes publicando apenas factóides ou distorcendo dados?
Será que isso também não representa um risco ao equilíbrio justo do processo eleitoral? As campanhas tendenciosas e editoriais parciais de jornalões como O Globo, FSP e Estadão não merecem atenção especial da justiça eleitoral?
O que falar da Veja e Época, que utilizam suas capas nas bancas de jornal como outdoors pró-oposição e/ou contra-governo semanalmente?

Questões que, com certeza, não serão respondidas pelo MPE, visto suas ocupações primordiais de tentar calar o presidente Lula, neutralizar as centrais sindicais e censurar os blogs nessas eleições. Tal (re)ação comprova o crescimento inconteste de alcance e influência da internet, espaço diverso e múltiplo de construção e divulgação da informação. O poder dos blogs se destaca nessa nova ordem, onde a informação não tem dono, circula livremente, no máximo pode ser lida como apenas mais uma versão.

O apoio ao blog “Os Amigos do Presidente Lula”, se configura também na defesa da liberdade de expressão, de escolha política e do exercício livre dessa opção. Desempenhada na observação dos fatos e suportadas pela responsabilidade social que esta prática requer.

Oferecemos ao MPE claros atos que atentam contra as condições equânimes de todos os candidatos, partidos políticos e seus conteúdos programáticos, praticados sem a “menor cerimômia” pela imprensa conservadora:

Terrorismo de O Globo no esforço incomum tornar negativo um fato extremamaente positivo da economia, clássico jornalismo do “é bom, mas é ruim”…

Estadão, aliado histórico do PSDB em São Paulo, se contorce para minimizar informação relevante para o seu leitor, para festejar a decisão de seu “candidato” em se “candidatar”…

Folha de São Paulo fazendo o “trabalho sujo” de esconder do leitor de fora de São Paulo dados negativos do governo Serra, nem que precise fazer duas capas para a mesma edição, a da edição susbstitui por uma chamada contra o governo….

A Veja briga com os títulos citados acima pelo título mor de panfleto conservador mais obstinado e ativo na luta por seus interesses políticos: a comparação das capas destinadas à Serra e Dilma no periódico comprova seu ofício…

Estes exemplos apenas ilustram o que as pessoas já percebem no dia a dia: a desconexão total, irresponsável e comprometida politicamente, entre a realidade e a “realidade dos factóides” apresentadas por esses panfletos. Talvez por isso cerca de 80% dos leitores não crêem mais no que é veiculado por essas corporações midiáticas.

Confiram a entrevista de Helena Sthephanowitz, uma das criadoras do blog, concedida a Rede Brasil Atual.

Rede Brasil Atual – Qual foi a motivação de colocar o blog Os Amigos do Presidente Lula no ar?

Helena Sthephanowitz – Quando criei o blog não pensei em “mobilização”, pensei em informação. O blog “Os Amigos do Presidente Lula” nasceu em 2005, quando a oposição falava em impeachment ou – inacreditável – em surrar o presidente da república. Doia ver o presidente ser tratado pela imprensa de forma preconceituosa e até desrespeitosa. A internet poderia ser um bom canal para manifestar nossa simpatia por ele e pelo projeto de construir um país mais forte, justo, soberano e menos desigual, que ele estava implementando.

A grande imprensa, apesar dos inegáveis avanços do governo federal, não divulgava ou divulgada apenas com letras miúdas as boas notícias que vinham do Palácio do Planalto. O que fazer para preencher esse vazio? Foi aí que tive a idéia de criar um blog que trouxesse à tona a quantidade de bons programas realizado pelo governo brasileiro, programas que muitos eleitores desconheciam.

Por que um blog, por que a internet?

Antes da reeleição do presidente Lula o exemplo norte-americano serveria de resposta. Lá, a força dos blogs influíram no encaminhamento da sucessão presidencial. Aqui, entramos para a história, a mobilização via web surpreendeu e alcançou o mesmo resultado. O presidente Lula ganhou na internet com a multiplicação de blogs e apoios e posteriormente ganhou nas urnas. Fomos, sem nenhuma modéstia e muito orgulho, construtores dessa vitória.

Comparando o momento atual ao período em que o blog começou, a articulação pró-Lula na blogosfera aumentou?

Não sei se existe uma articulação pró-Lula. O que percebi foi que depois mais blogueiros constataram que a imprensa estava sendo injusta com o presidente e o governo dele e começaram a mostrar erros, contradições e mau jornalismo em geral.

Qual o grau de relacionamento mantido com o presidente Lula? Ele acompanha o blog, já fez comentários a respeito?

Temos muita admiração por ele e gratidão pelo ótimo governo que vem fazendo, apoiado por mais de 85% dos brasileiros. Não sei se ele acompanha o blog. Sei que alguns amigos comuns falam do blog para ele e que no ano passado nos mandou uma mensagem parabenizando pelo aniversário do blog.

Com a expectativa de a internet ter um papel mais decisivo na campanha?

Não sei se a internet terá um papel decisivo na campanha, porque ela está sendo usada tanto pelos que apoiam o governo quanto pela oposição. A internet é um bom canal de ativismo político, principalmente para aqueles que não são políticos e querem expressar sua opinião, suas idéias e seus argumentos. É um espaço público para os que não estão legitimados pela mídia como interlocutores sociais.

Os Amigos do Presidente Lula tem sido assediado pela própria campanha petista? Há um contato com os profissionais da campanha?

Nós temos a preocupação de nos manter independentes. Postamos nossos textos com total independência e gostamos dessa nossa liberdade. Essa posição é um bloqueio “quase que natural” a textos de parlamentares, pedidos partidários ou até mesmo de campanha…

O blog sofre questionamentos na Justiça sobre campanha eleitoral antecipada. Como vocês encaram isso?

Achamos a acusação injusta, porque não estamos fazendo campanha, não temos ligação com candidatos nem com comitês eleitorais, não somos pagos por nenhum político. O que estamos fazendo é ativismo cibernético. Isso não tem período determinado para fazer. Seria o mesmo que dizer que o Greenpeace só pode defender o meio ambiente nos três meses que antecedem cada eleição. No limite extremo, seria determinar que a oposição só pode criticar o governo e o governo falar bem de si entre julho e setembro de cada ano eleitoral. Isso é cerceamento da liberdade de expressão. Daqui a pouco estão proibindo as colunas e artigos políticos dos jornais e as discussões nos botecos de esquina.

Então uma eventual proibição ao posicionamento de blogs na eleição seria ferir a liberdade de expressão?

Com certeza. Agora que os excluídos dos espaços públicos de debate político encontraram um canal de expressão, querem retroceder na evolução democrática proporcionada pelo avanço tecnológico calando nossa voz.

O Lula sai do governo no final deste ano. Como ficará o blog, já que ele não será mais presidente?

Continuaremos amigos do ex-presidente, torcendo para que a presidente Dilma faça um governo melhor que o dele, mas tendo certeza de que ele será por muitos e muitos anos reconhecido como o melhor presidente que o país já teve, porque foi a sabedoria, a determinação, a perseverança e a sensibilidade social e política dele que fizeram o Brasil encontrar o caminho de uma sociedade mais moderna, justa e solidária.

Rede Brasil Atual


Bookmark and Share

Anúncios

Deixe aqui seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 15/07/2010 por em Uncategorized.

Democratização da mídia, apóie!

Seja amigo do Barão!

Digite seu e-mail para seguir este blog e receber notificações de novos posts.

Junte-se a 3.452 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: